domingo, 9 de março de 2014

Mamãe, 80 anos...

Mamãe e sua "trupe": Regina, Lúcia, Mércia, Katherine e Joaquim

Ela se chama Ody - só não sei onde vovô Hermeto e vovó Beatriz arranjaram esse nome – mas, para quem a conhece de perto também atende pelo apelido carinhoso de Miminha. 

Era a “Gatinha Manhosa” de vovô, que sempre a protegia por ela ser uma menina magrinha que de tão magrinha era chamada de “gata seca” pelos irmãos. 

E, finalmente, para papai ela era a sua “pretinha”...

Num São João de 1954 “fugiu” com papai e constituíram uma família. 

E que família! 

Foram cinco filhos: Katherine, a quem chamamos de Kaita ou Katraca; Eu, Mércia, a Nanica, pela minha grande estatura; Regina, a famosa Maga Patalógica com seus cabelos escorridos e os olhos de milagre; Joaquim, seu único filho homem, conhecido por todos como Quinca e para nós irmãos como Canga de Burro e, finalmente, a caçula Lúcia, que se autonominava de Lucitalma, cujo apelido Gavião Malvado lhe caia como uma luva, pela doçura de criança que era. 

Mas, também vieram os afilhados, nossos irmãos mais velhos por parte de pai: Henrique, Neto e Virginia, que mamãe acolheu como filhos e a quem todos eles chamavam de madrinha. 

E, com essa trupe “dos seus e dos nossos”, como em um circo em constante espetáculo, fomos criados sob os seus cuidados, carinho e proteção, com nossas alegrias, risadas, brincadeiras, brigas, divergências, passeios, festas, sempre com muita dança e união. 

E como fomos felizes, mamãe!

Dei-lhe a primeira neta: Milena, e depois Lucinha e Eduardo, dei também o primeiro bisneto, Tomás, hoje com cinco anos. 

Regina lhe deu Beatriz e Rafael. 

Quinca lhe deu Pedrinho, Juliana e Maria Clara e;

Lúcia lhe deu Breno, Natália e Iure. 

Portanto, mamãe, está nas mãos dos seus onze netos tratarem de providenciar os outros bisnetos, que não sei quando, mas hão de vir. 

Hoje, no dia em que você completa 80 anos, estamos todos aqui reunidos, seus filhos, seus netos, bisneto, seus irmãos, nora, genros, parentes e amigos para celebrar a vida, pela sua vida, com sua alegria que também é nossa, pedindo a Deus que lhe dê a saúde necessária para continuar com suas andanças pela “Europa, França e Bahia”, como diria o poeta Carlos Drumonnd, em paz e com alegria. 

E quem sabe arranjar um “noivo” pra desespero de Quinca...

Para nós, os filhos, você é a mãe. 
Que em sendo mãe será sempre querida e respeitada. 
Mas também é gente e, enquanto gente tem suas fragilidades, seus medos, suas angústias, seus erros e acertos, defeitos e virtudes.

E, neste dia 9 de março, se vivo estivesse, papai, com certeza, iria acordá-la com um sorriso nos lábios dizendo: 
- Bom dia minha preta, feliz aniversário!

A você mamãe, em nome de todos os filhos, com todo o nosso amor, feliz aniversário!




Um comentário:

  1. Linda! muito bom tudo isso Mercita! Saúde ,longevidade e amor
    parabéns à todos
    beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...